Passar para o Conteúdo Principal

siga-nos! link Facebookaddicionar aos favoritosRSS feed

partilhar partilhar

Município de
Carrazeda
de Ansiães

Exposição "Breve história do Parlamentarismo Português

05 Jun '18 a 30 Ago '18
Exposi  o parlamentarismo ortugues 1 736 2500
Adicionar a calendário 2018-06-05 11:14:00 2018-08-30 00:00:00 Europe/Lisbon Exposição "Breve história do Parlamentarismo Português Evento

A presente Exposição está inserida numa itinerância de divulgação dos ideiais parlamentares e da democracia. Em 25 painéis conta-se a história do Palácio de S. Bento e da instituição Assembleia da República, desde as suas mais remotas origens.

Por exemplo narra-se origem do Palácio de S. Bento o qual remonta a 1598, ano em que se iniciou a construção de um mosteiro beneditino na Quinta da Saúde. O arquiteto régio Baltasar Álvares foi o autor do projeto, continuado depois da sua morte por Frei Pedro Quaresma e por Frei João Turriano e nunca concluído na totalidade, dada a magnificência a que aspirava. Até 1834 o edifício pertenceu aos Frades Negros de Tibães e era conhecido por Mosteiro de S. Bento da Saúde, sendo sua padroeira N. Sr.ª da Saúde, cuja imagem existia no altar-mor da igreja conventual.
Sobre a fachada principal, as estátuas representam a Prudência, a Justiça, a Força e a Temperança. O baixo-relevo que decora o frontão exibe a inscrição "OMNA PRO PATRIA". No interior, a escadaria de acesso ostenta em cada um dos ângulos duas portas sobrepujadas de motivos escultóricos e nos vãos de cada uma das faces, dois trípticos, representando as Cortes de Leiria convocadas por D. Afonso III e as corporações do séc. 15. A sala em hemiciclo, de cobertura metálica e com vidros chemillés de ouro, divide-se em 3 vãos elípticos, com 2 ordens de galerias sobrepostas e sustentadas por colunas e capitéis de mármore, com decoração escultórica e cúpula pintada com alegorias. Sobre a mesa da Presidência, presença de um quadro de Veloso Salgado e da estátua da República. Decoram ainda a sala 6 estátuas em gesso sobre pedestais, representando a Constituição, a Diplomacia, a Lei, a Justiça, a Jurisprudência e a Eloquência. A Sala dos Passos Perdidos, é toda revestida de mármore, contendo 6 óleos, representando estadistas e homens de leis, apresenta ainda decorações no teto e nos ângulos. Quanto à antiga Sala do Senado, nela pode observar-se o quadro D. Luís I, de José Rodrigues, e um conjunto escultórico em madeira de cedro de Anatole Calmels, apresentando nas sobreportas grupos escultóricos alusivos a D. Pedro IV e Dona Maria II. No Salão Nobre, tetos pintados representando cenas da época dos Descobrimentos. É neste âmbito de pormenor quer decorre a Exposição "Assembleia da República".

Conclui-se a exposição com alusões aos novos espaços da sede parlamentar e às Constituições desde 1821 até 1976.

  • SGS logótipo
  • W3C logótipo
  • compete logótipo
  • QREN logótipo
  • UE logótipo
  • wiremaze logótipo