Passar para o Conteúdo Principal

siga-nos! link Facebookaddicionar aos favoritosRSS feed

Município de
Carrazeda
de Ansiães

Percursos Pedestres PNRVT

PR1CRZ - Trilho de São Lourenço

imagem

A Pequena Rota “Trilho de São Lourenço” tem início e fim no painel informativo localizado na aldeia de Pombal, próximo da Igreja de S. Lourenço de Pombal. Segue em direção ao Miradouro da Calçada de S. Lourenço e percorre toda a Calçada até à aldeia de São Lourenço. Nesta aldeia, conhecida pelas suas Termas de águas quentes medicinais, existe uma derivação até à antiga estação de São Lourenço, atualmente um cais utilizado pelos barcos que efetuam a ligação entre a barragem de Foz Tua e a aldeia da Brunheda. Saindo de São Lourenço, o trilho segue em direção ao miradouro de Barrabáz. Ao longo deste troço existe a possibilidade de seguir por uma derivação até muito próximo do rio Tua, onde outrora existia a estação de Santa Luzia. Esta Pequena Rota percorre a micro-reserva de São Lourenço, onde florestas e afloramentos rochosos são o habitat de uma enorme variedade de espécies de plantas e de animais.

PR1CRZ - Trilho de S. Lourenço
Localização do Percurso: Pombal
Tipo de Percurso: Pequena Rota
Distância do Percurso: 12 km
Duração do Percurso: 4h00m
Grau de Dificuldade: Algo difícil
Cota Máxima Atingida: 500m 
Download de artigo informativo:

PR1CRZ_FLYER

PR2CRZ - Trilho do Senhor da Boa Morte

Miradouro Olhos do Tua Castanheiro

A Pequena Rota “Trilho do Senhor da Boa Morte” tem início e fim no painel informativo localizado perto da Junta de Freguesia da União de Freguesias de Castanheiro do Norte e Ribalonga. O trilho atravessa a aldeia e dirige-se para o Miradouro Olhos do Tua onde é possível ter uma vista privilegiada sobre o vale e o rio Tua. Deste local o trilho desce em direcção ao rio Tua, entrando na micro-reserva Castanheiro-Ribalonga, podendo observar-se bosques de castanheiros bravos. Na subida para a aldeia de Tralhariz, podem já observar-se bosques de sobreiro e azinheira, com zimbro e um antigo forno usado para secar figos. De Tralhariz o trilho segue em direcção à Ermida do Souto, onde se pode conhecer a Igreja Matriz dedicada a São Braz, a Capela e o Miradouro do Srº da Boa Morte. Na descida para o ponto inicial é possível observar-se duas fontes, conhecidas localmente como a fonte D’Aqui e a fonte D’Além.


PR2CRZ - Trilho do Senhor da Boa Morte
Localização do Percurso: Castanheiro do Norte
Tipo de Percurso: Pequena Rota
Distância do Percurso: 9,6 km
Duração do Percurso: 3h45m
Grau de Dificuldade: Algo difícil
Cota Máxima Atingida: 587m
Download de artigo informativo:

PR2CRZ_PainelCastanheiroNorte

PR3CRZ - Trilho de Foz-Tua

hjkklçç

O “Trilho de Foz-Tua” é um percurso pedestre linear que estabelece relações de proximidade com o Tua e o Douro - dois rios e duas linhas de caminho de ferro históricas que estruturam as magníficas paisagens do Alto Douro Vinhateiro (ADV), classificado como Património Mundial da UNESCO, do Parque Natural Regional do Vale do Tua (PNRVT) e da Região Demarcada do Douro (RDD). O trilho tem o seu início junto à Porta de Entrada do PNRVT e segue em direção aos passadiços de Foz-Tua, permitindo percorrer um lindíssimo troço da margem ribeirinha do rio Douro. Em períodos de ocorrência de cheias do rio Douro aconselhamos, como alternativa, seguir pela variante até junto à foz do rio Tua. Depois de passar pela foz do rio Tua, surge uma primeira derivação até à Casa dos Cantoneiros “Foz-Tua Wine House” – uma antiga casa de cantoneiros convertida num novo espaço dedicado à divulgação e comercialização de vinhos e produtos regionais produzidos no concelho de Carrazeda de Ansiães. Continuando em direção à antiga Linha do Tua surge uma segunda derivação que permite caminhar de travessa em travessa até ao Miradouro da Barragem de Foz-Tua, de onde se pode apreciar o engenho e a beleza das diversas infraestruturas viárias (ponte de Edgar Cardoso), ferroviárias (ponte e túnel das Presas) e hidroelétricas (barragem e edifício da subestação de Eduardo Souto Moura) que, em épocas distintas, têm possibilitado a exploração da riqueza e diversidade de recursos naturais que caracterizam o Vale do Tua.
Retomando a antiga Linha do Tua, o percurso segue em direção à Estação de Foz-Tua e termina junto ao Centro Interpretativo do Vale do Tua (CIVT). Desfrute o Vale do Tua, faça uma visita ao CIVT, aproveite para petiscar, à beira rio, as famosas enguias da foz do Tua e os não menos afamados e deliciosos “peixinhos do rio” do rio Douro, e apreciar todas as matizes cromáticas e aromáticas que conferem ao ADV o seu caráter único.

PR3CRZ - Trilho de Foz-Tua
Localização do Percurso: Foz-Tua
Tipo de Percurso: Pequena Rota
Distância do Percurso: 3,5 km
Duração do Percurso: 0h50m
Grau de Dificuldade: Fácil
Cota Máxima Atingida: 95m
Download de artigo informativo:

pr3crz

  • SGS logótipo
  • W3C logótipo
  • compete logótipo
  • QREN logótipo
  • UE logótipo
  • wiremaze logótipo