Passar para o Conteúdo Principal

siga-nos! link Facebookaddicionar aos favoritosRSS feed

partilhar partilhar

Município de
Carrazeda
de Ansiães

U. F. Lavandeira, Beira Grande e Selores

Lavandeira é uma aldeia do concelho de Carrazeda de Ansiães, sede de freguesia situada geograficamente a 7,6 Km da sede de concelho. Esta União de Freguesia localiza-se junto do Castelo de Ansiães e engloba as aldeias Beira Grande e Selores.

Lavandeira possui uma das mais belas igrejas do concelho, a igreja de Santa Eufémia. Pelas suas características únicas, este templo religioso foi classificado como Imóvel de Interesse Publico em 1993. Este edifício está implantado no declive que parte da praça principal e domina a povoação. É um espaço de grande volumetria, construído durante o século XVIII, composto por um alpendre suportado por doze colunas toscanas que precede a fachada principal. Apresenta um portal de padieira reca, enquadrado por duplas pilastras toscanas e coroado por frontão interrompido. Mas a principal atração deste espaço está no seu interior, com retábulos ao gosto do barroco nacional e um teto em falsa abobada, com caixotões pintados onde se representam cenas da vida dos santos, de Cristo, da Virgem e uma Árvore de Jessé.

  • imagem
    Interior da Igreja de Santa Eufémia - Lavandeira
  • imagem
    Pormenor do teto da igreja de Santa Eufémia

A paróquia de São Salvador é transladada em 1734 para o lugar de Lavandeira, ficando então como seu padroeiro o Divino Rei Salvador celebrado a 6 de agosto. Porém a festa mais relevante é a Romaria de Santa Eufémia celebrada nos dias 15 e 16 de setembro. A festa de Santa Eufémia ou "Festa da Marrã", procurada por diversos devotos que vêm em Romaria de terras bem distantes, dalém Douro e tua.

  • imagem
    Festa de Santa Eufémia
  • imagem
    Festa de Santa Eufémia também conhecida como Festa da Marrã

É tradicional nesta festa assarem a carne de porco, a chamada Marrã, já conhecida por toda a região. Certos anos chegavam a matar mais de uma centena de porcos e a carne era toda consumida nesse dia de festa. Num ambiente festivo reúnem-se os amigos para saborearem o assado, degustando um bom vinho local e como sobremesa preferencialmente o melão.Existe na localidade de Lavandeira uma grande Irmandade de Santa Eufémia que está dividida em dois ramos: o Ramo de Além do Rio Tua que abrange aldeias dos concelhos de Alijó, Murça, Valpaços, e parte do de Mirandela e o “Ramo da Vilariça” pelos concelhos de Carrazeda de Ansiães, Moncorvo, Alfândega e Vila Flor, e a outra parte do de Mirandela.

No território geográfico desta União de Freguesia está edificado o Castelo de Ansiães, imóvel considerado como o ex-libris do concelho. Esta vila medieval foi classificada como Monumento Nacional em 1910 e, recentemente foi dotada de uma receção de apoio ao visitante que lhe poderá fornecer informação detalhada sobre a antiga vila de Ansiães e as suas duas igrejas, a igreja de São Salvador ao gosto do românico e a igreja de São João Baptista ao gosto do pré-românico.

  • imagem
    Castelo de Ansiães, vista panorâmica
  • imagem
    Castelo de Ansiães

A aldeia de Beira Grande, localizada a 6,4 Km da sede de freguesia, tem umas ruelas estreitas que se ramificam a partir da igreja de Santo António, templo com prováveis origens medievais, a julgar por três pequenas esculturas conservadas na fachada lateral norte. Esta aldeia possui também um dos melhores miradouros naturais sobre o vale do Douro, no local, denominado por Miradouro do Seixo dos Corvos, pode-se observar em pormenor toda a área envolvente da encosta duriense, a vinha, as quintas, os povoados ribeirinhos e o Rio Douro.

  • imagem
    Igreja da Beira Grande
  • imagem
    Vista geral do vale do Douro

Selores possui uma das mais belas casas brasonadas do concelho, a Casa de Selores, classificada como Imóvel de Interesse Público desde 1977. Situada à entrada da aldeia para quem vai de Carrazeda de Ansiães, este edifício é composto por três corpos diferenciados: a capela, a casa e a varanda alpendrada. A capela mandada edificar em 1616 pelo bispo do Porto Diogo Gonçalo de Morais. Este edifício arquitetónico civil usufrui de três brasões.

  • imagem
    Casa de Selores
  • imagem
    Brasão da varanda alpendrada

No centro da aldeia está localizada a igreja matriz de São Gregório. Neste edifício destaca-se a rosácea que se abre sobre o portal axial em arco de volta perfeita e a empena truncada pela dupla sineira. Junto a Selores situa-se a aldeia de Alganhafres com o seu núcleo habitacional, em particular a arquitetura solarenga da chamada “Casa Grande”, construção do século XVIII composta pelo edifício de habitação e capela privativa de invocação a Santo António que ostenta na sua fachada o brasão da família Sousa do Prado.


Presidente da Junta de Freguesia

Renato Morais Lopes
Eleito pelo PPD-PSD
Contacto: 963005126
freguesialavandeira@sapo.pt

  • SGS logótipo
  • W3C logótipo
  • compete logótipo
  • QREN logótipo
  • UE logótipo
  • wiremaze logótipo